Noroeste Paulista está investindo em energia solar



A Zona Rural do Noroeste Paulista está investindo em energia solar, sendo que sua utilização operacional já chegou á marca de 15,8 megawatts, o que mostra um aumento de nove vezes no ano anterior e o dobro neste ano.



Para diminuir os gastos com a energia fóssil, o sol é a melhor opção para os produtores rurais, já que os painéis solares estão cada vez mais acessíveis, o retorno do dinheiro investido é rápido e a vida útil do produto chega a, pelo menos, 25 anos. No meio rural, a energia solar garante o funcionamento dos equipamentos necessários, o que torna toda a produção agrícola mais eficaz.

Os sistemas de energia solar atendem a qualquer produtor rural, pois a energia solar pode ser utilizada para várias funções, como, por exemplo, nos sistemas de ordenha, nas cercas elétricas, para o bombeamento de água, para a irrigação, iluminação, para os sistemas de segurança, aeradores, ventiladores e tanques de piscicultura.

Para conservar os equipamentos que captam a energia solar, basta fazer as limpezas e manutenções necessárias. No ranking dos setores que mais usam a energia solar, os agricultores rurais estão em quarta colocação, em sua frente estão, somente, os setores de indústria, de comércio e serviço e de residência. Outra vantagem de utilizar o sistema para captação de energia solar nas zonas rurais é que, assim, os agricultores conseguem mais independência.