Fazenda de erva-mate utiliza somente energia solar



Uma fazenda brasileira que produz chá e erva-mate se tornou 100% autossustentável com a utilização da energia solar. Esta fazenda está localizada na cidade de Concórdia, no Estado de Santa Catarina, e a empresa é chamada Erva Mate Gheno.



A Erva Mate Gheno é a primeira ervateria de toda a América Latina a utilizar a energia solar para produzir chá e erva-mate. O sistema solar começou a ser utilizado em dezembro de 2017, possui 62 placas fotovoltaicas e foi fornecido pela Engie. O sistema também tem espaço para mais 22 placas fotovoltaicas que podem ser instaladas futuramente. A capacidade do sistema atual é de produzir 16,43 kWp de energia elétrica, quantidade que atende 100% do gasto total da empresa, que possui 36 motores na linha de produção e lâmpadas para a iluminação.

De acordo com Gilnei Ghenson, diretor da empresa Gheno Erva-Mate, o objetivo desta atitude é diminuir o impacto ao meio ambiente e levar mais qualidade ao processo de produção da indústria, porém, ainda conseguiram outra vantagem: a economia, já que a empresa conseguiu uma redução de 77% do valor da conta de luz, caindo de R$ 2,2 mil para R$ 500 cada quinzena. Quanto à natureza, a Gheno, daqui a 25 anos, continuando com sua produção de 80 mil a 100 mil quilos de erva-mate processada mensalmente, terá evitado a emissão de 308.185 quilos de CO2 na atmosfera.