Arábia Saudita e Softbank lançam o maior projeto de energia solar do mundo



O Diretor-presidente da empresa SoftBank Group Corp, Mayoshi Son, divulgou, em Tóquio, um projeto de energia solar fotovoltaica na Arábia Saudita, o qual deve custar 200 bilhões de dólares e será o maior projeto de energia solar já realizado até o momento.



O sócio do SoftBank e também príncipe herdeiro, Mohammed Bin Salman, está em cooperação com este projeto, o qual gerará 100 mil postos de trabalho para a população. As instalações devem ocorrer até 2030 e, durante a apresentação do projeto, os envolvidos garantiram que este é um grande passo para a história da humanidade, pois é arriscado, mas a previsão é de sucesso.

O deserto da Arábia foi o local escolhido para ser instalado o projeto, que terá 100 vezes mais o tamanho de qualquer outra usina ou fazenda de energia solar já existente. Somente a primeira etapa do projeto custará 5 bilhões de dólares, a qual será para produzir 7,2 gigawatts de energia. Já os 200 bilhões de dólares previstos, são para a compra e instalação dos painéis solares, baterias de armazenamento e para a construção de uma fábrica de painel solar no país.

Este projeto mudará totalmente a geração de energia limpa na Arábia Saudita, já que, atualmente, apenas uma pequena parte da eletricidade no país é produzida por fontes renováveis. Quando concluído o projeto, será possível triplicar a quantidade de energia gerada no país, além de diminuir a dependência do Petróleo, pois a Arábia é o país que mais exporta petróleo no mundo, mas que poderá trocar os combustíveis fósseis pela energia renovável.